A temporada nem começou nada mal, com quatro vencedores diferentes nas seis primeiras corridas. Algumas delas, como na China, como a de Kimi Räikkönen com um Lotus, na Austrália, ou a de Fernando Alonso (Ferrari), na China, foram um espetáculo.

Nico Rosberg (Mercedes) ganhou por 0,7 segundos a corrida de Silverstone, que viria, porém, a mudar o campeonato: os rebentamentos dos pneus Pirelli obrigaram as regras a mudar – beneficiando claramente o chassis Red Bull desenhado por Adrian Newey, que ganhou 13 corridas, as últimas 9 de forma consecutiva com Sebastian Vettel.

Quando saiu da Índia, o alemão já era campeão.

VER ÉPOCA DE 1988.

Assine Já

Edição nº 1450
Já nas bancas

Digital Papel

Top

Os mais recentes